Aula Eletrônica Programação

Acendendo Led com Arduino

Autor: Alisson Ricardo da Silva Souza

Download

Nesse tutorial aprenderemos a ligar e desligar um Led com o Arduino.

Para isso utilizaremos os seguintes componentes e ferramentas:

  • Arduino
Figura 1 – Arduino Uno.

Figura 1 – Arduino Uno.

Placa de prototipação utilizada nos nossos projetos eletrônicos desse curso.

  • Protoboard
Figura 2 – Protoboard.

Figura 2 – Protoboard.

Nessa placa faremos a montagem de nossos exemplos de circuitos elétricos durante o curso.

  • Jumper
Figura 3 - Jumper

Figura 3 – Jumper

São os conectores que utilizaremos para ligar os componentes elétricos que vamos utilizar.

  • Led
Figura 4 - Exemplos de Led

Figura 4 – Exemplos de Led

Simbologia

Figura 5 – Simbologia

É um componente eletrônico emissor de luz, utilizado para ser a “lâmpada” do circuito.

  • Resistor
exemplo de resistor

Figura 6 – Resistor

Componente utilizado para limitar a corrente elétrica que atravessará o Led.

Agora que já listamos os materiais que utilizaremos, vamos fazer um desenho de como deve ficar nosso circuito elétrico e partir pra prática.

Figura - Desenho do Circuito

Figura 7 – Desenho do Circuito

Como podem ver, temos um resistor em nosso circuito, então vamos calcular seu valor através dos conhecimentos já obtidos no tutorial de eletrônica.

Para calcular a resistência associada em serie com o Led, faremos o seguinte calculo:

R1 = VR1 / I

Onde, para achar a queda e tensão no resistor (VR1) basta subtrair a tensão de saída da porta digital do Arduino, que é de 5V, com a queda de tensão do Led que é de 2V. A corrente utilizada pelo Led também pode ser encontrada no Datasheet, é de 20mA.

R1 = (V – Vled) / Iled                  R1 = (5 – 2) / 20mA

R1 = 3 / 0,02              R1 = 150Ω

Como não encontramos resistores com o valor calculado 150Ω, no mercado, basta utilizar um próximo. No caso usaremos o de 220Ω.

O que mudará em nosso projeto se utilizar o resistor de 220Ω?
Para obter uma iluminação satisfatória deveríamos utilizar o resistor de 150Ω, mas como iremos utilizar o resistor de 220Ω o nosso Led não irá brilhar com a mesma intensidade, pois como a resistência é maior a corrente será menor. Mas essa diferença de resistência tem efeito quase imperceptível ao nosso olhar.

Agora que calculamos nossa resistência, vamos montar nosso circuito.

Conecte o Led em duas colunas, se quiser pode dobrar as “pernas” ou cortar para diminuir seu tamanho.

Figura 4 – Ligando Led.

Figura 8 – Ligando Led.

Perceba que o sentido da corrente no Led é indicado pela seta, entrando pelo terminal Anodo (redondo) e saindo pelo terminal Catodo (Achatado). Como estamos fazendo uma associação em série, podemos ligar o resistor antes ou depois do Led, mas vamos seguir o desenho inicial e conecta-lo antes, no terminal Anodo do Led.

Figura 5 – Conectando Resistor.

Figura 9 – Conectando Resistor.

Veja que o terminal do resistor esta na mesma coluna do terminal do Led, então eles estão conectados em série.

O que acontece se ligarmos o Led de maneira contraria em nosso circuito?
De maneira geral, se você estiver alimentando seu circuito com a tensão de saída do Arduino, que é de 5 Volts, dificilmente isso causará danos ao seu Led, pois a tensão típica reversa suportada pelo componente é de 5V. Mas, tome muito cuidado quando usar fontes externas, leia atentamente o Datasheet do componente em questão e sempre avalie Tensão Máxima, assim como Corrente Máxima, direta e/ou reversa, suportada e o modo de uso, para liga-lo corretamente em seu circuito.

Por fim, vamos utilizar dois jumper para conectar o pino 13 do Arduino no resistor e, o outro, para conectar a outra “perna” do Led (Catodo) no GND do Arduino. Nosso circuito deve ficar da seguinte maneira.

Figura 10 - Circuito Completo

Figura 10 – Circuito Completo

Agora, para terminar nosso projeto, devemos programar o Arduino e fazer os testes. J

Abra a IDE do Arduino e clique em Arquivo → 01.Basics → Blink que é o arquivo exemplo de acender o Led.

Figura 11 - IDE Arduino

Figura 11 – IDE Arduino

Vamos entender o código apresentado.

  1. Todo o código, ou conjunto de palavras escrito entre os símbolos /* */ é visto pelo compilador do Arduino como “Comentário de Código”, ou seja, não é levado em consideração na geração do código binário .hex. Então, a parte inicial apresentada é um comentário feito pelo autor do código, explicando-o.
  2. Após isso o autor declara a função void setup(), onde declara todas as condições iniciais do código.

// a função de configuração é executada uma vez quando você pressionar reset ou quando liga o Arduino.
void setup() {
// inicializa o pino digital 13 como Saída.
pinMode(13, OUTPUT);
}

  1. Agora declaramos a função void loop(), onde estarão presentes os comandos para ligar e desligar o Led automaticamente durante 1 segundo.

// a função loop é executada indefinidamentre.
void loop() {
digitalWrite(13, HIGH);      // ligar o LED em nível de tensão alto (HIGH)
delay(1000);              // esperar por 1 segundo
digitalWrite(13, LOW);         // ligar o LED em nível de tensão baixo (LOW)
delay(1000);              // esperar por 1 segundo
}

Com esse código faremos o Led piscar indefinidamente, acendendo e apagando durante 1 segundo.

Bibliografias
Fotos – Própria Autoria.

2 comments

  1. link

    Para esta mat ria ser utilizado um Arduino Uno, um Protoboard, dois Jumpers e um Led Azul, mas voc pode usar a cor que preferir.

    1. Alisson Ricardo Silva Souza Post author

      Sim, isso é verdade link, você pode utilizar qualquer cor de jumper que preferir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *